Edson Junior comenta título no Ranking MEIAGUARDA e planos para o pós-pandemia

0
10

Texto – Junior Samurai
Fotos – Thiago Santos e arquivo pessoal da atleta

Faixa-preta master, Edson Junior mostrou em 2019 que seu Jiu-Jitsu segue afiado. Na última temporada ele venceu o Ranking MEIAGUARDA em uma batalha ponto a ponto
contra vários cascas-grossas da arte suave cearense.”Sabe aquela satisfação de superar não somente o externo como a si mesmo? É essa a satisfação! O trabalho não era tira vitórias em todas as lutas, mas tirar vitórias de cada luta. Montei estratégias antes de cada competição, coloquei meu limite ao máximo, alem dos absolutos, baixei de categoria e ainda lutava duas e até três categorias acima, cada pódio era importante, cada competição da mesma forma. Trabalho era físico/mentais a cada treinos e até cálculos precisos para saber quantas categorias lutar e me sair bem no ranking”, disse,

“Eu diria que o principal detalhe dessa conquista foi minha tenacidade”, completou, já elogiando o concorrido prêmio.

“Além de engrandecer o portfólio, também trata de nossa divulgação, não posso esquecer de citar que as competições constantes (válidas pelo ranking) faz com que o atleta esteja sempre ativo e em expansão”.

A rotina dos atletas sofreram mudanças radicais em comparação com o que faziam antes da quarentena, tanto internacionalmente quanto nacionalmente e em todas as modalidades. Campeonatos e treinos foram suspensos devido a pandemia do coronavírus. No Jiu-Jitsu não é diferente. As competições sofreram alteração e ainda estão sem previsão de retomada.

Mesmo longe das academias, os lutadores seguem as orientações repassadas pela comissão técnica. A ideia é perder o mínimo possível da condição física até que sejam retomados os trabalhos presenciais.”Infelizmente foi algo que pegou a todos de surpresa, mas nossa fé tem que está bem mais solida, me vejo criando formas para me adaptar a essa realidade e ao futuro consequente a mesma. Meus planos são para manter firme os treinos e minhas aulas, mudar os roteiros que já havia planejado de algumas competições. Planejo focar mais nesse ano no jiu-jitsu cearense, aproveitar que cuido também de algumas lesões e assim analiso também a situação externa”, falou.

“Estou fazendo treinos caseiros, seguindo um roteiro onde além do treino físico também medito e tentando me adaptar uma nova dieta”, concluiu o representante da GFTeam.

“Agradecer primeiramente a D’us, e ao meu mestre Elinor Batista e toda minha equipe GFTeam”,

LEAVE A REPLY

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.