Rui Carlos , o Brutamontes tetracampeão do Ranking MEIAGUARDA

0
5

Texto – Junior Samurai
Fotos – Lennon Trindade e arquivo pessoal da atleta

Rui Carlos não é só um lutador. É um brutamontes, aquele indivíduo abrutalhado, corpulento, alto, forte, desconforme e rude. O estilo selvagem nunca foi o mais técnico, mas seu diferencial são as características primitivas: o olhar ameaçador na encarada e as investidas para decidir o duelo. O fera parece um viking partindo pra cima de seus oponentes. Tanto destemor valeu mais um título do Ranking MEIAGUARDA, o quarto na sua carreira. “Conquistar o tetracampeonato foi uma sensação de que toda dedicação, toda dor, toda vitória, toda derrota, toda lesão, valeu a pena”, disse.

“Fiz grandes lutas, montei estratégias, a minha mente me preparou para qualquer categoria, seja adulto, master ou sênior. Competir todos os eventos possível, se arriscar mais, e nunca desistir de lutar”, completou o faixa-preta, que valorizou o concorrido prêmio.

“O melhor benefício do Ranking MEIAGUARDA por incrível que pareça, são amizades sem igual, reconhecimento de uma nova geração e força para as próximas batalhas”.

A crise do Covid-19 levou o adiamento de inúmeras outras competições no mundo inteiro, forçando atletas de alto desempenho a se reinventarem a fim de que não haja impacto em seu condicionamento físico. Rui já se encontrava entre os melhores na classificação sênior e liderando a tabela faixa-preta.”Lamentável, porém esperado que algum momento isso poderia acontecer, já tivemos situações parecidas em algum momento ou tempos passado.Eu procuro acreditar que é permissão de Deus e ele sabe o que está fazendo”, falou.

“Meus planos para o Jiu-Jitsu é unir mais gente possível, independente de bandeira. Valorizar cada aluno, cada academia, cada seminário, cada competição como se fosse o último, pós do nada momentos como esses podem acontecer e aí ficou muita coisa por fazer,porque não foi dado a atenção necessária. Estou treinando pouco,mais estou fazendo alguns funcionais de jardineiro, pedreiro e vaqueiro, entre outros”, concluiu o bravo competidor.

“Agradecendo a Deus, meus alunos da academia USINA DO CORPO, empresa RC SOUND, panificadora PÃO DE OURO, barbearia 13 DE MAIO e ao meu amigo JÚNIOR SAMURAI do
Meiaguarda”.

LEAVE A REPLY

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.