Conheça Leandro Marques que largou as drogas para ensinar Jiu-Jitsu numa calçada

0
13

Texto – Junior Samurai

O hoje faixa-preta Leandro Marques começou seu interessee pelo Jiu-Jitsu devido ao trabalho, mas não sabia ele, que ali começava a mudar sua trajetória de vida. “O Jiu-Jitsu entrou na minha vida por volta de 2011, quando conheci o chefe da segurança do Orbita bar na praia de Iracema, o grande Marcos Moreno e trabalhava pra ele nanoite e tínhamos que treinar o Jiu-Jitsu para defesa pessoal. Nessa época treinava só o necessário pra se sobresair no serviço de segurança”, disse, já lembrando do 360 graus que a arte suave fez no seu caminho.

“O Jiu-Jitsu mudou tudo na minha vida, antes de ser realmente dessa arte eu bebia, fumava e também me drogava. Depois que comecei a treinar de verdade o Jiu-Jitsu abandonei essa prática e me dediquei totalmente a ser uma pessoa saudável, sem álcool e sem drogas”.

Idealizador do projeto social Crist Oss que teve inicio na calçada da sua casa (foto acima), Leandro revela com orgulho o sentimento por esse excelente trabalho. “Pra mim é de grande orgulhoeu olhar pra todos eles e saber que ali tem parte de mim também quando eles sobem ao pódio eu também de alguma forma estou lá com eles. E saber que muitos ali nem tinham a ideia do quanto eram capazes de chegar onde estão hoje. Pra mim é só orgulho de todos lá”, falou, e ainda revelou o legado que quer deixar para seus alunos.

“O meu legado é deixar pra eles o amor por aquilo que você faz e sempre que for fazer alguma coisa que seja bem feito. Que todos lá ao se tornarem professores, um dia ajudem outras crianças como fiz com eles”.

O intento que atualmente reúne muitas crianças e jovens do bairro Antônio Bezerra e adjacências vem crescendo e o segurança (profissão de Leandro Marques) colhe os frutos com seus alunos, pois eles usam os ensinamentos da arte suave para serem melhores nos tatames e na vida.. “Minha lição para o praticante de Jiu-Jitsu é sempre ajudar seus companheiros de treino e nunca menosprezar ninguém. Hoje ele pode nem saber uma raspagem, mas amanhã ele pode se tornar um grande nome mundial da arte suave”, concluiu o aluno de Carlos David da equipe Evolution, que lembrou a primeira lição que aprendeu no esporte.

“Nunca subestime uma pessoa por ela aparentar ser mais fraca que você, ele pode ser um lutador de Jiu-Jitsu”.

“Agradecer a Deus por me dá uma nova chance ,ser uma nova criatura. Agradecer minhas patroas Patrícia Carvalhedo e Mônica Carvalhedo, proprietárias do Órbita bar que nos colocaram pra treinar o Jiu-Jitsu; ao meu professor que me formou de azul à faixa-preta Ricardo Oliveira por ter acreditado no meu trabalho e a todos meus alunos e meus filhos Gustavo Marques e Lívia Marques. Agradecer também Oberdania Inácio, a pioneira das mães que hoje também desenvolve a função de secretaria do projeto e também onde é minha aluna e mãe de alunos. Sem esquecer a principal dessa caminhada, minha esposa Carmem Araújo que sempre está com a gente e é professora de ritimos pra mães do projeto”.

Projeto Social Crist Oss
Endereço – Rua Pedro Melo 472 bairro Antônio Bezerra
Na sede do time Rio Branco
Contato – 85 8733-0032

LEAVE A REPLY

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.