Marcos Antônio e o acidente que colocou o Jiu-Jitsu na sua vida: “Mudou tudo e hoje ensino a criançada”

0
7

Texto ;- Junior Samurai

Foi por pouco, mas um acidente fez um cidadão virar praticante e hoje, formador de atletas com destaque no cenário do Jiu-Jitsu cearense. Estamos falando de Marcos Antonio, faixa-marrom da equipe GC-Pepey. Para conhecer melhor a fórmula de sucesso do professor, conversamos com a fera sobre sua história na arte suave. “Após uma acidente de moto tinha duas opções, viver constantemente na fisioterapia ou praticar um esporte. Como não gosto de bola tinha visto Jiu-Jitsu e resolvi tentar. Foi amor ao primeiro contato”, disse, já citando a primeira lição que aprendeu além dos golpes.

“Respeito e educação”.

Como sabemos, o Jiu-Jitsu é capaz de realmente mudar a vida de uma pessoa, o que também aconteceu com o aluno de Godofredo Pepey.”O Jiu-Jitsu modificou tudo, o físico e o mental”, contou., relembrando como começou a ministrar aulas da arte suave.

“Eu era faixa-roxa aí um amigo queria iniciar um projeto e como ele era azul e não podia dar aula, ai me apaixonei dando aula para as crianças”, completou o idealizador do Projeto Social Renascendo no Jiu-Jitsu.

Retribuindo o que o Jiu-Jitsu lhe trouxe, Marcos diz com brio o que sente ao ver o caminho de crianças e jovens que lecionam o bom Jiu-Jitsu com ele no projeto Renascendo no Jiu-Jitsu. “Só orgulho por ter vários atletas medalhando, fora que a obediência de todos e os carinhos por parte deles é muito bom. Temos praticantes autistas e imperativos, ver a evolução deles me deixa muito feliz”, falou, sem esquecer o legado que há de ser deixado.

“Respeito e que eles possam dar de graça o que receberam de graca”,

Trabalhando diariamente até às 17h com gesso, realizando decoração de teto, Marcos não foge da batalha e ajusta seu tempo para seguir lecionando o Jiu-Jitsu e dele deixar uma boa lição para os praticantes. “Criança, adolescente, adulto, idoso e mulher. Jiu-Jitsu para todos, não importa idade, gênero, e nem classe social. Pratique Jiu-Jitsu”, encerrou.

“Agradecer primeiro a Deus e a todos os faixas pretas que passaram na minha vida e fizeram o que sou hoje na arte suave”.

Projeto Renascendo no Jiu-Jitsu
CT Fight Forma
Endreço – Avenida Porto Velho 406 Altos – Bairro João XXIII
Contato – 85 8733-0032

LEAVE A REPLY

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.